terça-feira, 9 de outubro de 2012

eu?

JULIANA BARROS escreve sobre o amor impudico e descarado que sente. Amor que sabe ser manso e sereno, da mesma forma que sabe ser agressivo e forte. Arranco a pele das palavras e faço arder um sentimento que sabe, como ninguém, sentir aquela dor gostosa de um amor que pede pra apanhar e nunca adormecer.

              Minha alegria se mistura com os sonhos de 35 pétalas de amor perfeito. O verde traz esperança de um futuro bom       [e eu creio].

2 comentários :

  1. Olá Juliana,
    Obrigada pela visita e parabéns pelo seu blogue, gostei!!

    ResponderExcluir