quarta-feira, 30 de junho de 2010

Poeta, eu?

Não sou poeta...
Sou apenas uma eterna amante da vida,da poesia, e da incrível arte do amor!
E assim,expresso em palavras todos os sentimentos que transbordam da minha alma...

Transcendendo minha alma...
Revivo os momentos que aprendi a amar de outra forma.
O que é o tempo comparado com o amor que te sinto?
...

Invisíveis mas não ausentes

"Quando morreu, no século XIX, Victor Hugo arrastou nada menos que dois milhões de acompanhantes em seu cortejo fúnebre, em plena Paris.
Lutador das causas sociais, defensor dos oprimidos, divulgador do ensino e da educação. (ver: Vitor Hugo um homem extraordinário)
O genial literato deixou textos inéditos que, por sua vontade, somente foram publicados após a sua morte.
Um deles fala exactamente do homem e da imortalidade e traduz-se mais ou menos nas seguintes palavras:
"A morte não é o fim de tudo. Ela não é senão o fim de uma coisa e o começo de outra"
Na morte o homem acaba, e a alma começa.


Que digam esses que atravessam a hora fúnebre, a última alegria, a primeira do luto.

Digam se não é verdade que ainda há ali alguém, e que não acabou tudo?



Eu sou uma alma.
Bem sinto que o que darei ao túmulo não é o meu eu, o meu ser.

O que constitui o meu eu, irá além.






O homem é um prisioneiro.

O prisioneiro escala penosamente os muros da sua masmorra.

Coloca o pé em todas as saliências e sobe até ao respiradouro.
 
 

Aí, olha, distingue ao longe a campina, Aspira o ar livre, vê a luz




Assim é o homem.

O prisioneiro não duvida que encontrará a claridade do dia, a liberdade.

Como pode o homem duvidar se vai encontrar a eternidade à sua saída?




Por que não possuirá ele um corpo subtil, etéreo.

De que o nosso corpo humano não pode ser senão um esboço grosseiro?


A alma tem sede do absoluto e o absoluto não é deste mundo.

É por demais pesado para esta terra.


O mundo luminoso é o mundo invisível.

O mundo do luminoso é o que não vemos.

Os nossos olhos carnais só vêem a noite.


A morte é uma mudança de vestimenta.

A alma, que estava vestida de sombra,vai ser vestida de luz.


Na morte o homem fica sendo imortal.

A vida é o poder que tem o corpo de manter a alma sobre a terra, pelo peso que faz nela.



A morte é uma continuação.

Para além das sombras, estende-se o brilho da eternidade.




As almas passam de uma esfera para outra, tornam-se cada vez mais luz.

Aproximam-se cada vez mais e mais de Deus.






O ponto de reunião é no infinito.

Aquele que dorme e desperta, desperta e vê que é homem.

Aquele que é vivo e morre, desperta e vê que é Espírito”.




"Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã." (Victor Hugo)

... ?


..............................................................................
........................................................
......................................
......................
........
...
.

Mais por mim...

Um dia ainda vou conseguir
Derrotar todos os medos.
Não terei mais que fugir,
Nem negar meus credos.
Ainda aprendo a acertar,
A fazer tudo direito.

Mas hoje só posso chorar,
Pois já está tudo feito.
Por tanto querer bem,
A vida me devolve pedras.
E me leva sempre além
Para me dar novas quedas.

Mais uma pedra recebo,
E o golpe me desorienta.
Até que então percebo
Que minha alma não agüenta.
Preciso de algo, urgente!

E que não seja amargura…
Mas por mais que tente,
Não consigo tal ventura.
Se a vida entendesse

O que pensa meu coração,
Talvez eu conseguisse
Receber alguma benção.

Se o Amor percebesse
Minhas boas intenções,
Talvez então me deixasse
Aprender todas as lições

Temo que seja muito tarde
Para salvar o que ainda tenho,
E que tudo se vá sem alarde,
E assim morra mais um sonho…

Não existe vários tipos de amor
Assim como não existem
Três tipos de sentimentos
Quatro de ódio
Seis espécies de inveja

O amor é unico
Como qualquer sentimento
Seja ele destinado a familiares
Ao conjuge ou a DEUS

A diferença é que como entre marido e mulher
Não há laços de sangue
A sedução tem que ser ininterrupta.

PAPAI


... DEUS...
Sirvo um DEUS vivo e maravilhoso
que tem cuidado de mim e de
meus filhos com a maior fidelidade...
ninguém me amaria assim...como Ele me amou...
e penso sempre que foi Ele que me amou 1º...
um amor incondicional...
verdadeiro fiel...
sei que posso contar com Ele em todos
os momentos de minha vida, 
Ele é tremendo...
DEUS nunca vai me deixar no vento...
ainda que eu não entenda seus desginos 
e o que Ele tem para minha vida...
eu creio e confio que Ele tem o melhor para mim...
Ele vai me abençoar...
Ele é meu refúgio e minha fortaleza...
Seu nome esta acima de tudo
e de todos os nomes...
Ele é o grande
Ele é perfeito
Ele é meu Papai
Ele é DEUS

V.I.D.A.

" Não quero ter a terrível limitação

de quem vive apenas
do q é possível fazer sentido...
Eu não: quero é uma verdade inventada..."

Que todos os desejos, mesmo os

mais simples e insignificantes
mas sempre tão importantes
se realizem em pleno









Não sei
se o que faço é correcto
o que poderia fazer
se sinto o que sinto ou penso sentir
como posso mudar as coisas
se quero ser assim
como é que tudo se complicou
se tudo vai voltar ao normal
como ajudar
o que pensar

NÃO SEI! ´SÓ QUERO LIBERDADE !!!


Os anos passam e nem nos damos conta....


Vivemos numa correria para viver, que por vezes

acabamos por nos esquecer de aproveitar as coisas

mais simples da vida... Mas recordar é viver...

Férias


Ler e escrever....

Livre para poder voar

terça-feira, 29 de junho de 2010

Será em vão porque ?

Pra começo de conversa, é uma longa história...Mas, não é uma logorréia
Eu procurei me afastar,não seguir seus passos
Tudo foi roubado novamente, diante dos meus olhos...
Passou tão despercebido esse louco tempo!
Até aqui procurei evitar o fim, de nada adiantou!
Sei que não foi em vão, pois tentei
Bolas se não deu certo..Bolas guri!
Não vais morrer se andar sozinho...Pode acreditar!
Só restaram as migalhas..
Toda a felicidade do mundo via ao meu redor, menos em mim!
Não fui feliz com você !!!!!! Talvez a culpa desse tal de tempo...
Será embalde? Onde está o erro então, me diz ???
Não tive medo de arriscar.Abri o jogo e coloquei todas as minhas cartas na mesa
Você as colocou? Onde as escondeu? Juro que não vi !!!
Consequência por ser sincera demais?
Tá certo, a culpa é minha (já tô acostumada) !!
Aos poucos reconstruo tudo o que perdi,não foi pouca coisa não mah!
Como pode palavras cobrir feridas abertas tão recentemente?
Lutei tanto para que todas as outars cicatrizassem
Há muito pra falar,há muuuuuito o que perdoar e o perdão não é fácil !
Aquelas memórias debandadas, irei debelar todas elas
Porque não consiguo me enconder de você?
Não tem pra onde fugir quando desculpas não são suficientes
Não existe volta quando não se é capaz de perceber o óbvio
Eu gosto de você? Você gosta de mim/ Ainda? Esse é o ponto de partida!
Debalde?
Quero descobrir onde as forças se encondem em mim
Para que eu possa ser eu novamente
Percebo que não tive controle, não vi quando tudo tomava um rumo diferente,
Direções opostas...Talvez eu nunca tive controle,mas ,mesmo assim,caminho nesssa estrada longa
Já não importa se as pessoas notam meu medo
Quando eu escrever-te "Os Patins" entenderás!!!
Foi a forma que serviu para a chegada das respostas que encontrei
Serviu também para ressumar o que me aflingia sobre um mundo desconhecido
Fez-se necessário para desvanecer meus medos, despertar!!!!
Será em vão porque ?
Sei que poucos tem uma segunda chance, é importante demais pra deixar escapar...
E tudo isso não basta ? Então o que queres de mim hãm?Porque se esconde nesse personagem absurdo?
Por que não revelas o sentido?? Se é que existe algum!!!
Está perdido?Penso que não mais do que eu....
É um problema se vc se fizer de desentendido..Pelo menos não dessa vez, por favor!
Pode ser a nossa última chance, entendeu?
Pode ser a SUA úlima chance , percebe?
Frívolo?Ah, isso me afeta, me provoca, é um absurdo que eu me nego a aceitar!!
Não entendo pq não posso assumir o contole, não devo decicir,razão de não estar no controle....
Oque é? Agora aceito interferências na minha vida?
Me diz quando foi em vão que eu paro já!!!O que foi em vão?O que eu perdi ? O que eu ganhei?
Valeu quando não vi mais saída, logo o interesse em outros mundos...Coisas novas!
Permanece a incerteza, mas já não tenho medo, medo de sonhar acordada...
Te deixar partir é dizer que foi em vão?Eu sei, sou uma sobrevivente!
Resgatando meus planos, pensamentos,com os mesmos valores
Aprendi que os erros cometidos me fizeram ser qm hj sou (essa criança crescida, qm conhece entende!)
E sobre meus planos e sonhos? Ainda bem que a decisão não é sua!
Me disse várias vezes que conseguiria com ou sem vc, pois é...
Aderir,então um fulcro, com ou sem vc posso adejar...
Meu adejo tornou-se amiúde notável...
Apesar de ser amoldável
 Não há razões para me amolgar em questão...
E mesmo que eu me veja sozinha ( e não estou só, não é verdade.)irei ao meu encontro:Será perfeito!
Sempre vai aparecer situações, acontecimentos que vão tentar me abater,
Mas a vida é dura pra qm é mole e eu sei que não sou!!!
Sou forte, inteligente, capaz, corajosa, determinada...Darei meu jeitinho em tudo...
Aos poucos melhorando com a certeza de que se precisar vim as lágrimas
que elas venham lavar meus olhos para que eu veja o real, o futuro puro, pleno, próximo,novo!
MESMO QUE NADA FUNCIONE EU ESTAREI DE PÉ, DE QUEIXO ERGUIDO
VAI SER SEMPRE ASSIM:NUNCA É EM VÃO LUTAR, NUNCA FOI, NUNCA SERÁ!!


JULIANA BARROS  25/02/2010

Amor maior...

PEDAÇOS DE MIM

Eu sou feita de

Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos






Sou feita de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão






Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci






Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante







Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas


Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar






Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei






Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.

A DOR QUE DÓI MAIS

Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, dóem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.

Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Dóem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.
Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.
Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.

Conselhos...

Para meus amigos que estão...SOLTEIROS

O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá.
Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado.
O amor pode te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir.
Mas o amor será especial apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher .
Para meus amigos...NÃO SOLTEIROS
Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.
Para meus amigos que gostam de...PAQUERAR
Nunca diga "te amo" se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti.
A COISA MAIS CRUEL QUE ALGUÉM PODE FAZER É PERMITIR QUE ALGUÉM SE APAIXONE POR VOCÊ, QUANDO VOCÊ NÃO PRETENDE FAZER O MESMO.
Para meus amigos...CASADOS.
O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe".
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores.
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos;
mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.
Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDO
Um coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir.
Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre.
Permita-se rir e conhecer outros corações.
Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida.
A DOR DE UM CORAÇÃO PARTIDO É INEVITÁVEL, MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL!
E LEMBRE-SE: É MELHOR VER ALGUÉM QUE VOCÊ AMA FELIZ COM OUTRA PESSOA, DO QUE VÊ-LA INFELIZ AO SEU LADO.
Para meus amigos que são...INOCENTES.
Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade.
Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).
Para meus amigos que tem MEDO DE TERMINAR.
As vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você.
Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, não é verdade?
Mas o amor também dói muito quando ele não sabe o que você sente.
Não engane tal pessoa, não seja grosso(a) e rude esperando que ela(e) adivinhe o que você quer.
Não a (o) force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitando.
Pra terminar ...
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata....
Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho" não é bom . .
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutar para realizar todas as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.





Amar não é um sentimento, é uma decisão!Decida-se!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

A arte existe porque a vida, por si só, não basta

Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?

E quem irá dizer que não existe razão?

O contrário do Amor

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.
O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.
Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo e pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.
Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bung-jump, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos. A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada.
Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.

Aí tem

As coisas são como são. Se alguém diz que está calmo, é porque está calmo. Se alguém diz que te ama, é porque te ama. Se alguém diz que não vai poder sair à noite porque precisa estudar, está explicado. Mas a gente não escuta só as palavras: a gente ouve também os sinais.

Ele telefonou na hora que disse que ia ligar, mas estava frio como um iglu. Você falava, falava, e ele quieto, monossilábico. Até que você o coloca contra a parede: "O que é que está havendo?". "Nada, tô na minha, só isso." Só isso???? Aí tem.
Ele telefonou na hora que disse que ia ligar, mas estava exaltado demais. Não parava de tagarelar. Um entusiasmo fora do comum. Você pergunta à queima-roupa: "Que alegria é essa?" "Ué, tô feliz, só isso". Só isso????? Aí tem.
Os tais sinais. Ansiedade fora de hora, mudez estranha, olhar perdido, mudança no jeito de se vestir, olheiras e bocejos de quem dormiu pouco à noite: aí tem. Somos doutoras em traduzir gestos, silêncios e atitudes incomuns. Se ele está calado demais, é porque está pensando na melhor maneira de nos dar uma má notícia. Se está esfuziante demais, é porque andou rolando novidades que você não está sabendo. Se ele está carinhoso demais, é porque não quer que você perceba que está com a cabeça em outra. Se manda flores, é porque está querendo que a gente facilite alguma coisa pra ele. Se vai viajar com os amigos, é porque não nos ama mais. Se parou de fumar, é uma promessa que ele não contou pra você. Enfim, o cara não pode respirar diferente que aí tem.
Às vezes não tem. O cara pode estar calado porque leu um troço que mexeu com ele, ou está falando muito porque o time dele venceu. Pode estar mais carinhoso porque conversou sobre isso na terapia e pode estar mais produzido porque teve um aumento de salário. Por que tudo o que eles fazem tem que ser um recado pra gente?
É uma generalização, mas as mulheres costumam ser mais inseguras que os homens no quesito relacionamento. Qualquer mudança de rota nos deixa em estado de alerta, qualquer outra mulher que cruze o caminho dele pode ser uma concorrente, qualquer rispidez não justificada pode ser um cartão amarelo. O que ele diz importa menos do que sua conduta. Pobres homens. Se não estão babando por nós, se tiram o dia para meditar ou para assistir um jogo de vôlei na tevê sem avisar com duas semanas de antecedência, danou-se: aí tem.

domingo, 20 de junho de 2010

Respostas

Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou pra trás também o que nos juntou
Ainda lembro o que eu estava lendo
Só pra saber o que você achou
Dos versos que eu fiz
E ainda espero
Resposta
Desfaz o vento
O que há por dentro
Desse lugar que ninguém mais pisou
Você está vendo o que está acontecendo
Nesse caderno sei que ainda estão
Os versos seus
Tão meus que peço
Nos versos meus
Tão seus que esperem

Que os aceite em paz
Eu digo que eu sou
O antídoto que vai adiante
Sem mais eu fico onde estou
Prefiro continuar distante
Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou pra trás também o que nos juntou

Assim ela já vai

Achar o cara que lhe queira
Como você não quis fazer
Sim, eu sei que ela só vai
Achar alguém pra vida inteira
Como você não quis
Tão fácil perceber
Que a sorte escolheu você
E você cego nem nota
Quando tudo ainda é nada
Quando o dia é madrugada
Você gastou sua cota
Eu não posso te ajudar
Esse caminho não há outro
Que por você faça
Eu queria insistir
Mas o caminho só existe
Quando você passa
Quando muito ainda pouco
Você quer infantil e louco
Um sol acima do sol
Mas quando sempre é sempre nunca
Quando ao lado ainda é muito mais longe
Que qualquer lugar
Se a sorte lhe sorriu
Porque não sorrir de volta
Você nunca olha a sua volta
Não quero estar sendo mal
Moralista ou banal
Aqui está o que me afligia
Um dia ela já vai
Achar o cara que lhe queira
Como você não quis fazer
Sim, eu sei que ela só vai
Achar alguém pra vida inteira
Como você não quis